Páginas

27 de fev de 2011

Natureza

Imagem do Google
Natureza - Esplendor sem fim....

Amo a natureza, em seu esplendor...
O colorido dos bosques, o verde do mar,
O azul do céu, o prateado do luar...
Amo a areia do deserto, a chuva com seu gotejar,
A neve que cai, amo com ela me banhar.
Amo o sol que nasce, por trás de uma colina
Amo as flores do campo, amo sua beleza a qual me fascina.
Amo os pássaros que voam livre,
Nas nuvens eles se vão...
Me pergunto como eles sabem,
Qual é a sua direcao?!
Amo o infinito, o qual o fim fico a imaginar...
Se existisse um fim,
Poderia os pássaros o alcançar?

© Ange de Souza

4 comentários:

Toninhobira disse...

E eu amo ler estas inspirações que vagam pela natureza com a sensibilidade apurada,captando cada detalhe desta maravilha.Viajar nesta visão sem saber o rumo, mas de encontro a harmonia e sintonia com esta grandiosidade.Linda inspiração amiga.Vamos voando nas asas destes passaros que saberm bem o rota a seguir.Meu abraço de paz.Bju de luz nos seus dias de belas inspirações.Felicidades sempre.

André disse...

Boa noite, Solange! seu blog é bonitão, as fontes estão boas e a seção "Comentários" melhorou bastante da primeira. Porém, ainda (isso para mim) tem um bemolzinho que persiste: eu gosto de comentar lendo texto. Aqui eu tenho sempre que ler texto e escrever comentário em duas janelas. Será que dá para vc arranjar um meio de fazer o texto ser lido na mesma página que o comentário?

Pois é, Solange, seu texto está excelente, muito inspirado. Acho que devem ser os ares primaverís que estão lhe deixando assim, acertei? *rs parabéns, poetisa, uma boa semana. Meu carinho.

André

André disse...

You know, it was only a matter of pop-up window... Grande Solange, você se torna, dia a dia, uma gêniazinha de web design, como ando observando.... Bravo! realmente, assim fica bem mais fácil de se comentar um texto, de se remeter a uma passagem, de reler...

Obrigado pelos seus comentários e visitas ao meu bloguinho, eles são essenciais, indeed!!

Tenha um belo dia, poetisa, meu carinho de sempre.

André

Marcio Rufino disse...

Olá Solange.

Sua poesia e sensível, delicada e extremamente lírica. Parece um sonho. Te descobri no blog do Gambiarra Profana e já estou te seguindo. Quando puder dê um pulinho em meu blog http://emaranhadorufiniano.blogspot.com
Seu comentário será muito bem vindo

Bjs!!!

As palavras que aqui rabisco, tornam-se através do tempo algo mais que apenas palavras rabiscadas.
As palavras tornam-se lembranças...eternas lembranças.