Páginas

16 de abr de 2011

Teus Lábios


Teus lábios...


Teus lábios são macios
Como colchão de pluma leve
O seu toque é suave
Quase não toca mina pele

Teus lábios são macios
Ao beijar-te, chego a sentir medo
Porque jamais quero que acabe
A fome deste desejo

Teus lábios são macios
Como colchão de pluma leve,
Tem um sabor tão puro
Como a branca pura neve

Teus lábios...
Meus são todos os segredos
Os doces lábios são teus
Mas são meus todos os doces beijos


Google Imagem



Janeiro 2010

© Solange de Souza

6 comentários:

✿ chica disse...

Muito e sempre lindo aqui!!!beijos,lindo fds!chica

Toninhobira disse...

Lindissimo Ange, a suavidade, o toque leve como de um beija-flor,sugar o doce e viver esta delicia de momento magico que um belo beijo pode revolucionar.Brilhante amiga,tem cheiro de fruta madura.Amei.Bju de luz nos seus dias sempre.

Marcio JR disse...

Bom dia, minha amiga.

A doçura de um beijo pousou em teus versos. E como não fazer poesia com algo tão puro e belo como os lábios de alguém, não é?

Lindos versos, minha querida amiga.

Bjs e uma linda semana pra ti.

Marcio

André disse...

Boa noite, Solange!

o amor é cego, dizem, mas se ele for mesmo assim, então terá o tato muito desenvolvido, certo? e esse belos versos que escreveu para os lábios de alguém, demonstram claramente que é a sua sensibilidade aqui é mais une affaire táctil que visual.

Um belo poema, Solange, levemente impregnado de sensualidade, mas, sobretudo, dessa ternura amorosa que sempre reveste o olhar de uma mulher enamorada. Meus aplausos, minha cara poetisa!

E obrigado pelas suas visitas e generosos comentários aos meus singelos versos, ambos são muito apreciados.

Um boa semana, Ange, meu carinho, saudades.

André

Aline Santos disse...

Ange!!!!!
Se uma da escritoras online que mais sentir falta foi você! Em meio a essa correria diária, deixei o antigo blog de mão, o mesmo acabou tendo um problema na configuração do modelo quando tentei modificar. Mas, fiz um novo blog. É, estou tendo que começar do zero, algo muito difícil, porém, teve um lado positivo, regatou em mim aquela euforia inicial. Rs.. Você sabe bem como é né cara Ange!?

Ah.. Poesia referente aos lábios, a delicadeza que eles expressão aos corações apaixonados... Que poema lindo Ange.

Quando puder, dá uma passada lá no meu novo cantinho, você sabe que é sempre bem vinda!!

Saudades!

Tenha um final de semana repleto de paz!

Abraço!








Aline Santos disse...

Ah.. esse é o endereço do novo Blog:

http://espifisesdeumaperola2013.blogspot.com/

As palavras que aqui rabisco, tornam-se através do tempo algo mais que apenas palavras rabiscadas.
As palavras tornam-se lembranças...eternas lembranças.