Páginas

24 de ago de 2011

Solitárias Noites de Verão

Imagem do Google
Noites de verão aqui são tão quentes,
Lembro-me saudosa do seu calor
Que percorria noite à dentro
Onde a brisa era testemunha, do seu amor

Onde estará quem tanto quero,
Nestas noites longas de verão?
Onde andará o meu amor,
Porque me deixou aqui na solidão?

© Ange de Souza                                                                                                                                                                     

23 comentários:

claudiaymarques disse...

Ange querida tudo bem?..que lindo poema que fala de amor..de saudade...Faz a gente lembrar de muitas coisas que nem deveria..rs..brincadeirinha..rs..Amiga espero que esteja bem com muita paz no coraçao...
que Deus cuide de você sempre..
muitos beijinhos
titi

claudiaymarques disse...

Ange voltando aqui querida..complementando as suas palavras no meu blog..
Tenho dois filhos e sinto a mesma coisa que vocês..nossos filhos são sujeitos e a terem mais de um email..,a ter ascesso a muitas coisas que talvez eles nem precisariam,mas a massa tem e se eles não tiverem fica complicado..a medida que crescemos ,aos poucos podemos ir nos libertando um pouco mais de tudo...temos mais oportunidade de sermos seletivos..
muito beijoss
sua amiga
titi

claudiaymarques disse...

isto é .......estamos na mesma conecção...rss

Flor da Vida disse...

Belo poema tecido com profundos sentimentos...
Aplausos sempre amada amiga!

Beijos e flores
Suelzy

Eloah disse...

Que lindo querida!Saudades e solidão faz nascer belos versos. Amei os seus.Boa noite, muito amor, flores e cores para enfeitar tua alma.Bjs Eloah

Antônio Lídio Gomes disse...

Ange, confesso que fico lisongeado com teus comentários.
Mas querida amiga, este poema tem um quê de nostalgia, saudades, que adentram minha alma neste momento, e não sei explicar o porquê...
Simplesmente lindo, sublime, e terno.
Um fraterno e afetuoso abraço deste leitor, beijos.

Malu disse...

Fez-me lembrar Shakespeare...
Lindo demais.
Abraços

Ange disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Pedro Menuchelli disse...

Ange,
Adorei conhecer esse seu lado romantico, capaz de modificar totalmente um coração de pedra. Uma noite, por mais dificil que seja, sempre tem um final e o amanhecer apenas nos mostra o quanto vale a pena lutar e sempre ter esperança em tudo aquilo que fazemos.
Um ótimo texto, adoro tudo muito por aqui. Um grande beijo, com carinho
Pedro

Pedro Menuchelli disse...

Bem Ange,
Respondendo a sua pergunta, eu tenho só 18 anos sim. Vou fazer 19 só em novembro, aliás. Tenho a escrita como hobby desde os 7 anos. Sempre gostei de ler, de escrever e isso vem sido mantido, graças a Deus.
Uma noite repleta de paz e alegria pra você!
Beijos

Maria disse...

Ange um poema lindissimo. Quanta nostálgia e sentimento contido nessas palavras.
Bom domingo amiga.
beijinhos
Maria

Will disse...

Noites de verão solitárias, é quando o sol nasce dentro de nós e não se apaga, apenas refrigera as nuvens de nossas lembranças.
LIndo poema
Ótima noite de sábado!

Will disse...

Ange,
voltei para agradecer o carinho deixado em meu humilde espaço. Nem preciso dizer que seu blog além de muito bom gosto, revela seu talento e, sobretudo, a sensibilidade que transborda em teus versos.
Abraço com carinho.

Evanir disse...

Me faltam palavras ,pra agradecer sua atenção
comigo.
Ser sua amiga é um presente de Deus na minha vida.
Agradeço a cada uma de suas visitas todas
elas me deixaram muito feliz.
Que seja abençoada por Deus nossa amizade para sempre.
Desejo um feliz final de semana beijos com infinita ternura e paz..
Evanir..

Kim disse...

Olá Ange!
Infelizmente até as noites de verão já não são as mesmas.
Resta a alegria de saber que os amigos poderão ser para toda a vida.
um beijinho para ti!

Magia da Inês disse...

♥♫♪
°º✿
º° ✿✿♥ Olá, amiga!
Passei para conhecer o seu blog... amei.
O amor vai e a saudade fica... mas um dia ela também se vai...
Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil
♥♫♪
°º✿
°º✿✿♪♫° ·.

Um brasileiro disse...

oi. tudo blz? estive aqui dando uma olhada. muito legal. apareça por la. abraços.

Leninha disse...

Ange querida,apareça,gosto quando me visita,gosto de suas palavras...por sinal,lindas palavras neste poema repleto de nostalgia.
Bjssssss amiga
Leninha

otilia cristina disse...

ANGE
DIFICIL SENTIR SOLIDÃO NÃO É?
A AUSENCIA DE UM AMOR É POR DEMAIS DOÍDAS. NADA ESTA BEM,NADA TEM COR,NADA É GOSTOSO ..QUANDO SENTIMOS FALTA DE ALGUEM QUE AMAMOS A VIDA NÃO É VIVIDA E SIM LEVADA ..SE TORNA PRETA E BRANCA ..MORNA...NEUTRA ..
MAS POR OUTRO LADO QUANDO A SOLIDÃO TERMINA. A VIDA TORNA SE UMA LINDA AQUARELA... ESSAS QUE OS PINTORES USAM PARA COLORIR SUAS OBRAS..MINHA VIDA HOJE GRAÇAS A DEUS ESTA COMO UM ARCO IRIS A SOLIDÃO DE ANTES DEU LUGAR AS CORES...
SOLIDÃO ÀS VEZES É BOM, MAS SE FICAR CAUSA DANOS PARA A ALMA
BEIJOS

OTILIA

claudiaymarques disse...

Amiga Ange eu nem ligo se voce anda sumida viu? rsss...venho aqui de qualquer forma,porque sinto a sua falta e gosto de você pelas palavras que escreve para mim e de um jeito descontraido e legal!!!..
gosto D+ de voce sua chata!!! rsss....brincadeira pelo amor de Deus.
Tem pessoas que a gente simpatiza e nem precisa muito ...
Você é uma delas....
adorei sua visita viu florzinha..
muitos beijos,fica com Deus e tudo de bom pra vc e sua familia..
beijussss
titi

Sergio Martins disse...

Querida Ange, adoro teus textos simples e extraordinários! Obrigado pelo carinho! Abç.

Maria disse...

Ange um poema nostálgico e lindo.
Bom fim de semana.
Beijinhos
Maria

As palavras que aqui rabisco, tornam-se através do tempo algo mais que apenas palavras rabiscadas.
As palavras tornam-se lembranças...eternas lembranças.