Páginas

14 de set de 2011

Perdoar – o que isto significa?

Google Imagem
A minha interrogação aqui é literal.

Na verdade, o que significa esta expressão ou sentimento?
Todos nós conhecemos a palavra perdoar, mas será que sabemos exatamente qual é a definição desta palavra? Eu confesso que não sei.
Em seu sentido lógico, aprendi que a palavra perdoar, assim como está escrito em livro sagrado, significa perdoar àqueles que nos ofendem.

No entanto, se neste mesmo livro está claro que devemos perdoar, ele não esclarece, portanto, certas dúvidas, e que me parecem muito significativas.

Por exemplo: perdoar significa esquecer? e como se chegar a isto, se a ofensa for por demais dolorida? existe um nível de ofensas que poderiam ser perdoadas? São todas as ofensas perdoáveis?
Quantas vezes devemos ou podemos perdoar uma mesma pessoa por ter repetido as mesmas ofensas contra nós?
Perdoar significa permitir que nossos ofensores nos ofendam mais de uma vez?
Aqui, neste contexto, eu confesso que, muitas vezes, me debato entre o meu racional e o meu sentir. Por exemplo:
Se sou ofendida por alguém, diante do reconhecimento do ofensor ao seu erro, eu sei que posso perdoá-lo sem nenhuma dificuldade em especial.
Porém, como agir ou educar o meu coração "perdoador" a sempre perdoar, mesmo quando a pessoa que me ofende repete as mesmas ofensas após cada ofensa perdoada?
Seia a minha capacidade de perdoar ilimitada? E caso seja, porque meus sentimentos a limitam?
No meu sentir mais pessoal, quando uma pessoa me pede desculpas ou, em alguns casos, pede perdão, com este gesto, esta pessoa já reconhece para si o erro que foi cometido e, por conseguinte, o que me permite de ter para com ela o gesto "quase divino" de perdoá-la, apesar dela ter me ofendido.

Isto quer dizer que, se a pessoa que ofende repete as mesmas ofensas às quais ela se desculpa (independentemente de ser perdoada ou não), é que ela jamais passou pelo capital processo de reconhecer os seu erros.
Neste caso, significa que o seu perdido de perdão é falso, e como algo falso deve ser visto!
A mim me parece que, em casos assim, tais pedidos de desculpa e de perdão sejam feitos mais como uma forma de punir a pessoa ofendida, que de dar-lhe a possibilidade de ter um "gesto divino" de perdoar a quem a ofendeu.

Possivelmente que muitos dos leitores — assim como eu mesma — devemos pensar nisso.
E no que toca os meus erros e as minhas ofensas?
Sou a única em minhas ofensas contra Deus?
Pequei eu uma única vez, apenas? E se Deus puser um limite às minhas ofensas a serem por Ele perdoadas?
Diante deste dilema, só me resta pedir aqui a Ele MAIS uma vez o Seu perdão!

E de pedir a Deus que me dê a capacidade de perdoar, independentemente dos limites das ofensas.
E que a minha capacidade de perdoar seja de acordo com a minha capacidade de amar!

Texto de  Ange de Souza

Aqui de oportuno expresso meu agradecimento ao amigo André Bessa.
André um Prezado amigo, o qual fielmente tem tido a paciência de ler, comentar, e muitas vezes amavelmente revisar  alguns dos meus textos - como este o caso.
Obrigada Andre!

29 comentários:

Eloah disse...

Querida a vida é um aprendizado constante.Linda a tua atitude perante teus erros.O que importa realmente é a intenção, o dom de escrever e a beleza do coração.Escrevestes lindamente este texto sobre perdão.Amei.Que a tua semana seja doce, plena e recheada de inspiração.Bjs Eloah

Geraldo de Lima disse...

Oi, Ange... Texto maravilhoso, dúvidas naturais de qualquer ser humano... Se me permite uma sugestão, encontrei muitas respostas a algumas das perguntas levantadas por você, nas publicações das Testemunhas de Jeová. Independente de religião, se achar que vale a pena investigar o assunto, converse com uma delas quando bater em sua porta numa próxima vez... Abraço sincero!...

Chiquinha Menduina disse...

Olá querida Ange, encontrei-a e estou seguindo amei seu BLOG, voltarei sempre, me visite...
beijos

Menduiña

otilia cristina disse...

ANGE,
PELA PRIMEIRA VEZ NA VIDA EU LI ALGUEM FALAR DE PERDÃO COM TANTA VERDADE E TANTO SENTIMENTO COMO HOJE AQUI.
SEMPRE ME PERGUNTO ESTAS MESMAS COISAS
UMA PESSOA TE FAZ UM MAL ,VEM TE PEDE PERDÃO ,VOCE PERDOA DAQUI UM ANO ELA VOLTA FAZ DE NOVO E AI?
TEM QUE PERDOAR?
QUANDO ESTA PESSOA VAI APRENDER A NÃO MACHUCAR AS OUTRAS PESSOAS?
SE VOCE COMETE UM ERRO QUANDO JOVEM SEUS PAIS NÃO TE PUNE? PRA VOCE NÃO ERRAR DE NOVO?
OLHA FICO COM UM PÉ ATRAS QUANDO SE TRATA DESSE SENTIMENTO PERDÃO
AS PESSOAS DEVEM SABER QUE QUANDO FEREM AS OUTRAS TERÃO QUE PAGAR UM PREÇO ..SABE COSTUMO SER ASSIM ..CASO ALGUÉM ME FAÇA ALGO QU EME MACHUQUE ..CONFORME A PESSOA PERDOO E A TIRO DA MINHA VIDA PRA SEMPRE ..ALGUMAS NÃO TEM COMO FAZER ISSO MAS QUANDO DÁ EU FAÇO..PESSOAS QUE AMAM VOCE ,NÃO FEREM A PONTO DE VOCE TER QUE PERDOAR .

SABE A FRASE

¨AMAR É JAMAIS TER QUE PEDIR PERDÃO¨...
William Shakespeare


ENTÃO QUEM AMA NÃO FERE A PONTO DE TER QUE SER PERDOADO.

POR ISSO SEMPRE DIGO AS PESSOAS TUDO QUE FAZEMOS AQUI, PARA AS PESSOAS TEMOS QUE SABER QUE TEM UM PREÇO E ESTE PREÇO PODE SER O PERDÃO, QUE PODE OU NÃO SER DADO.

BJS QUERIDA

OBRIGADA POR SEMPRE IR LA NO DMPM


OTILIA

Arnoldo Pimentel disse...

Muito bom seu texto, um texto para refletirmos sobre o perdão, será que somos fortes o bastante para perdoar?E se perdoarmos seremos fortes para esquecer? Esquecer e perdoar de verdade? Acho que sabermos de acordo com nosso próprio conhecimento.A ofensa sempre será uma fraqueza.Beijos

André Bessa disse...

Este é um texto reflexivo e muito bem estruturado em seu conteúdo. A pergunta é lógica e oportuna. Desde cedo, nos inculcam a noção do perdão a quem nos ofende, mas, de forma subjetiva, dúbia, quase abstrata. E, diante das circunstâncias, a não-clareza desta noção vem à tona e nos embaraça, nos faz hesitar, ou mesmo agir não da melhor maneira.

O seu belo texto, Solange, questiona tudo isso. E o faz de forma clara, objetiva. Realmente, eu conheço muitos e muitos textos seus, porém esta aqui, reputo como um dos mais brilhantes já saídos até agora de sua magnífica pluma. Meus parabéns e minha admiração de sempre.

E não há do que me agradecer, minha amiga, tudo o que eu fiz foi apenas de corrigir um acento, uma vírgula ou uma palavra aqui e ali, o seu texto já me veio quase irretocável.

Tenha um belo dia, meu abraço.

André

Maria disse...

Amiga Ange um texto maravilhosa, uma excelente reflexão. Temos de aprender a Perdoar com a alma e com coração.
Beijinhos
Maria

ana costa disse...

Oi Ange.
Para muitos este seria um tema que teria somente este comentário, e não era por maldade não, é mesmo porque ele é difícil.
Tenho eu capacidade suficiente para me auto analisar duma maneira imparcial?
A tendência é para ir logo dizendo: sim! sim! eu costumo ser boazinha e perdoar,às vezes não esqueço! mas costumo perdoar!
No meu caso não sei se serei tão boazinha assim. Eu costumo dizer que nesta matéria trabalha o meu lado de escorpião e...eu não perdoo não! e também não costumo esquecer!
Que me perdoe Deus mas eu sei que este é um dos meus "pecados conscientes".
Parabéns pelo assunto abordado.
Beijo

Eloah disse...

Querida agradeço pela generosidade dos teus comentários.Assino embaixo: a vida não brinca conosco, somos pés no chão quando encaramos o cotidiano, mas sonhadores quando deixamos o corpo descansar e a alma voar.Adoro pessoas que trazem consigo a serenidade calma da vida e os loucos sonhadores que fazem da vida um eterno jardim florido.Fazes parte deste universo! Bjs no coração Eloah

Rabe disse...

Saudações fraternas poetisa!

Chiquinha Menduina disse...

Querida Angel, voltei pra reler seu texto, fiquei pensativa em tudo que falas, e pensei, pensei...será que somos merecedores de algo se não agirmos conforme devemos ser, disse Jesus: Amei ao pxóximo com a ti mesmo: e perdoai, setenta vezes sete; Nós o que fazemos na realidade, digo eu...tenho muito que mudar, não que eu seja má, mas também não existe ninguem completamente bom... beijos querida

Menduiña

Everson Russo disse...

Perdoar é se libertar, é ter leveza de alma, é seguir um caminho sem levar em frente um rancor desnecessário...minha amiga, muito feliz com sua visita aos meus dois espaços,,,,O Livro dos Dias, atualizado diariamente, e o Ultimo Barco que é atualizado duas vezes na semana, prazer imenso contar com sua amizade,,,grande beijo e um dia de paz,,,volte sempre que desejar...

claudiaymarques disse...

Ange querida amiga saudades..gostei da sua visita no café com bolachinha e vamos marcar nosso café na casinha(respondi lá para vc)...olha que agora meu velho o pai esta muito bonzinho e não se importará..rs..
Ange muito bacana o texto sobre o perdão..é facil falar perdoei.....mas como esquecer?? quando a ofensa foi grande é dificil,não é simples e o perdão sai meio que falso..acredito somente amiga no tempo para essas coisas..nada mais....
muitos beijos...boa semana com na paz..
titi

Everson Russo disse...

Um dia repleto de poesia e muito carinho pra ti minha amiga querida...beijos e beijos.

Ricardo Miñana disse...

Perdonar se puede definir como pedir disculpas por un hecho que puede molestar.
otra cosa es tener la capacidad de perdonar por amor, aunque esto es mucho mas complicado, entramos en el amor con facilidad pero es muy dificil de salir.
un post reflexivo.
feliz semana.

Anita de Castro disse...

Meu carinho para contigo
Quem não dá erros ???? eu dou por vezes
Os amantes poetas também deram erros

Perdoar é nunca perder a Esperança

claudiaymarques disse...

Ange passei para te ver..te desejar uma boa noite se soninho...beijocas
titi

Malu disse...

Quem perdoa é LIVRE, não possui amarras, além de ganhar um coração mais LEVE e se tornar um ser pleno e FELIZ.
Lindo seu texto! Abraços

Vieira Calado disse...

É sempre bom reflectir sobre

assuntos dessa natureza!

Nem todos o fazem!...


Bjssss

Maria disse...

Amiga Ange passei para desejar um excelente domingo.
"Viva o hoje, porque o ontem já passou e o amanhã talvez nem chegue."(Antoine de Saint-Exupéry)
Beijinhos
Maria

claudiaymarques disse...

Ange querida tudo bem ?? aqui esta tudo bem..só o frio..oque não é muito bom,pois a chuva que tanto precisa cair não vem...
Gosto muito quando vai no café com bolachinha tomar um café....gosto muito da sua presença!! muitas beijocas para você..
sua amigona
titi

Antônio Lídio Gomes disse...

Amiga Ange...
Este dilema que você nos expõe, é o dilema de todos nós, creio...
Como perdoar alguém que tira a vida de um filho?
Como perdoar este e outros atos criminosos?
Vou ficar na esfera de nossas fraquezas, nossas carnalidades, inerente a todos, como por exemplo, xingar, se irritar, ficar irado por um momento, ou até mesmo se exaltar com alguém que amamos...
É um terreno difícil de tecer um comentário com afirmações conclusivas.
Sabe o que acho mais lindo num ser humano?
Esta atitude em refletir sobre o perdão e nossa própria conduta de vida.
Uma coisa sei, a pessoa que te ama de verdade e que te valoriza, é merecedora sim de perdão.
Este texto evoca perdão. É tocante e reflexivo.
Um fraterno abraço, beijos.

Anônimo disse...

Hola, llegué hasta aquí a través de un blog amigo, me pareció muy bueno tu espacio, voy a quedarme por aquí como seguidor, si me permites.
Si tienes ganas (no lo tomes como un compromiso), te invito a pasar por el mío.
Un saludo desde Argentina.
Humberto Did----Este comentario lo he visto copiado y pegado tal cual y textual en muchos blog por parte de este buen amigo, y sin dejar comentarios sobre textos u obras, sin hacer análisis y realmente ante esta situación solo estoy preguntando si eso es ético o normal, ya que veo que se crea un vacío, no digno de aceptar en aquel que ame su sitio, creo que hay un uso de la persona, comencé a ver esta falta de lealtad aquí ya que me llamó la atención que este señor, sigue cientos de blog, dejando el mismo comentario ya que lo pega en todos, cada uno verá cuanto exige al lugar que pone tiempo y cariño para su creación, así todos seguiríamos miles de blog, y los miles que el sigue los tiene ocultos, para ocultar su estrategia poco ética, todos comentaríamos en mil blog, sin leer el post y pegando el comentario que os han dejado, es una pena, ya que los post de este señor, son algo interesantes. Si protestamos por todo, es asunto este que deberemos analizar, todos aquellos que hemos caído en lo que creo en una acción desleal, que la permite este medio, esto en resumen significa que le interesa dos cominos al blog que arriba, ya que busca seguidores, y no vuelve a dejar un comentario, sino el copiado que os dejó a todos, y por primera y única vez, ya que tira el anzuelo, o se hace seguidor sin dejar comentario, total sigue miles y los oculta para su propósito, donde se evidencia su deslealtad. Mi nombre será a partir de ahora ENFOQUE. Saludos PD. Solo haga clic en un blog que lo sigue a él, y busque su comentario, todos son iguales al que le dejó a usted, los pega.. Así que cuando dice: me pareció muy bueno tu espacio” mi amigo, ni leyó su post o entrada, texto etc Muchos usarán esta modalidad, pero es bueno ir sabiendo donde hay algunos baches. A que no vino nunca más a ver cómo van tus entradas? Llevo registrados más de 100 blog con el mismo comentario, pensará que somos estatuas de una misma horma. El hombre quiere pescar lectores, esa es la mentalidad de hoy lee lo mío, lo tuyo me importa dos rábanos, esto no es difamar, ya que es verdad y cualquiera lo puede comprobar, yo me he tomado esta molestia, ya que aprecio a los que abren un sitio, pero detesto a los que utilizan a las buenas personas. Ok. Cada uno sabrá en el mundo que echa su preciado tiempo.

Everson Russo disse...

Um dia de muita paz, carinho e poesia pra ti minha amiga querida,,,beijos e beijos.

p.s. a inspiração é assim mesmo minha amiga, como o vento, as vezes corre longe, mas volta pra nos aliviar...beijos e beijos.

A.S. disse...

Perdoar é a mais sublime prova de humildade!...

Magnifico o teu texto Anje!


Beijos,
AL

Camila Lima disse...

Olá!

Em breve o blog Delicada como Flores (http://delicadascomoflores.blogspot.com/)será desativado. Infelizmente não tenho conseguido me dedicar muito a ele.
Continuarei postando meus textos no Recanto das Letras: http://www.recantodasletras.com.br/autores/cahlima

Aguardo sua visita!

Camila Lima

Toninhobira disse...

Para deixar meu carinho e admiração,neste clima de perdoar e ter a alma leve.
Um abração amiga com toda paz.
Que possa encontrar em seus caminhos todas as razões para sorrir de alegria.
Bju no seu coração.

manuela barroso disse...

Um texto de reflexão que nos obriga a ir para além do esforço humanamente possível.
Atingível?Se Deus o deixou como máxima, é porque assim é preciso...Perdoar, penso, não significa esquecer, mas é um tentar relembrar a ofensa aliada ao perdão. Difícil? Para alguns, impossível. Para os mais humildes, depois da tempestade...tentam esquecer...
"O bem lembra sempre, o ma nunca esquece!"
Abraço

Evanir disse...

A verdadeira amizade mora no
coração independente de distancia.
E seguem juntos pela vida inteira.
Enfim a amizade é um sentimento
muito além do amor.
È através da minha fé
e da sua amizade.
Que encontro forças para seguir sempre
com esperança e alegria de viver.
Um abençoado final de semana.
Beijos ternos e carinhosos.
Evanir
Linda postagem..O triste é ver tantos que ñ conhece a palavra perdão.

As palavras que aqui rabisco, tornam-se através do tempo algo mais que apenas palavras rabiscadas.
As palavras tornam-se lembranças...eternas lembranças.